Pesquisar neste blog

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

adoutrinadotempodofim

A Doutrina do Tempo do Fim


INTRODUÇÃO
O termo “doutrina” é derivado do verbo latino “docere”, que literalmente significa ensinar, e é empregada geralmente para se referir a um conjunto de uma série de ensinos ou de um tema específico podendo até mesmo ser fora dos parâmetros religiosos. No entanto, o termo empregado aqui pelo Rev. Lee Vayle em seu sermão, tem o mesmo sentido utilizado pelo irmão Branham referindo-se à mensagem revelada por Deus aos pais apostólicos da igreja primitiva, podendo também ser chamada de tradição apostólica. Entretanto, no momento em que esta tradição foi substituída pela dos homens dando lugar às conjeturas e suposições humanas, a Palavra de Deus e a genuína doutrina dos apóstolos por eles ensinada foi invalidada por conta destes mesmos falsos ensinos. A inadulterável Palavra de Deus não permite qualquer modificação, uma vez que Deus Mesmo é a Palavra, e sendo imutável, não há Nele sombra de mudança ou de variação.
Através de uma série de tentativas e esforços humanos, muitos sistemas de correntes religiosas e filosóficas tem se levantado ao longo dos séculos com a pretensão, porém sem nenhum sucesso, de restaurar os fundamentos doutrinários da Igreja. Porém neste tempo do fim, Deus Mesmo tem restaurado a Sua doutrina entregue aos pais da Igreja, por meio de um ministério profético vindicado através de sinais e pelo Seu poder. William Branham fora o vaso preparado por Deus não somente para restaurar a sã doutrina aos Seus filhos eleitos, mas principalmente para torná-Lo conhecido perante o Seu povo, declarando que Deus está presente em meio à Igreja a fim de cumprir fielmente com todas as Suas promessas anteriormente anunciadas. Ele havia prometido um Elias antes do grande e terrível Dia do Senhor e um período de grande refrigério da Sua santa Presença, e agora nestes últimos dias isto vem sendo cumprido. Porém Ele também havia prometido um Arrebatamento dos santos e a sua introdução ao reino milenial, mas nada disso seria possível a menos que Sua doutrina fosse plenamente restabelecida.
Portanto, a doutrina do tempo do fim não pode ser outra senão a mesma que foi entregue no início da era cristã, e isto só seria possível se o ministério que a restaurasse nestes últimos dias fosse exatamente o mesmo que havia surgido no princípio, ou seja, o ministério do Filho do homem, o Alfa se revelando no Ômega. E sendo este o mesmo ministério, ele não somente alcançaria o mesmo resultado como também provocaria o mesmo tipo de resistência encontrado nos primeiros dias da Igreja.
Quando Jesus curara um cego de nascença, o sistema religioso de Seus dias com suas vãs tradições cegamente se recusou em aceitar a vindicação de tão grande ministério, e não satisfeito em apenas rejeitar o Seu ensino e de excomungar o cego que fora restaurado, passaram também a perseguir o Filho de Deus e por fim levá-Lo ao madeiro para ser crucificado. E da mesma forma como aquele cego de nascença que recebera a luz por meio de Jesus Cristo e que fora expulso pelo sinédrio por causa de sua fé no Filho de Deus e por Tê-Lo recebido como profeta vindicado, igualmente hoje o sistema laodiceiano tem sido cegado pela Mensagem da Hora ao desprezar os que foram por ela iluminados e de rejeitar a doutrina restaurada por meio de um ministério vindicado, crucificando Cristo pela segunda vez, ao substituí-Lo por credos e estatutos de homens. E ao assim fazer, o seu julgamento diante do Trono Branco já tem sido lavrado.
Este ministério do Filho do homem se repetindo no Ômega tem o mesmo objetivo que teve no Alfa: trazer salvação para aqueles que não podiam ver e juízo e condenação para os cegos que alegam enxergar. Deus não está fazendo algo novo à Sua Igreja. Deus está no Ômega fazendo aos gentios na forma do Espírito Santo o mesmo que Ele fizera aos judeus no Alfa na forma de carne. E aquele que buscar refúgio neste ministério será como a árvore plantada junto às correntes de águas com suas raízes arraigadas debaixo da Árvore da Vida, que dá o seu fruto na devida estação e cuja folhagem não murcha, e tudo quanto ele fizer será bem sucedido. Assim é a verdadeira Noiva.
Diógenes Dornelles

A Doutrina do Tempo do Fim

18 de Julho de 1993
Irmão Lee Vayle

[Nota: Esta mensagem foi parte dos comentários e anúncios que o irmão Vayle deu à sua igreja antes que ele pregasse a mensagem “A Palavra Falada é a Semente Original; Livro 2 – Parte 13” – Ed.]

1               Estamos encarando uma pequena situação peculiar neste assunto do tempo do fim, porque temos esta situação peculiar no comércio mundial chamado “atrito”.[1] Antes que a palavra se tornasse popular na América, sobre as bases de um trabalho contínuo, a pessoa retirava – eles chamam isso de “atrito”. Significa “ninguém mais é assalariado”. E eu falei a você sobre essa palavra quase um ano antes que ela se tornasse popular na América... no sentido de comércio, como que veio a mim enquanto eu estava numa espécie de terra, terra do nunca, não realmente consciente porém não inconsciente. E essa palavra “atrito”, veio a mim. E para o meu conhecimento, eu nunca tinha ouvido falar disso. Ela é usada no sentido teológico, mas ela também é usada mais no sentido de, como eu disse, uma retirada sem reposição.[2] É certo que quando o irmão Branham faleceu, não há reposição. É certo que quando outros ministros quíntuplos morrem, em que o irmão Branham estava acima do ministro quíntuplo, não haverá reposição, porque a história está terminada. O profeta disse assim. Isso tem sido vindicado por Deus.

2               Agora, minha posição aqui é esta: não me olho como se eu não fosse descartável. Eu sou. Não tem havido uma pessoa que não fosse descartável. Até mesmo Jesus se tornou descartável sobre as bases de uma missão a ser completada. Nós não temos este privilégio. Somos simplesmente descartáveis, ponto final – por causa do pecado. Todo mundo que nasce em pecado morre. E isso ainda não tem expirado. O grande mistério ainda não tem acontecido. Está meramente em processo. Então você deveria estar orando muito, muito atentamente de agora em diante. Não estamos interessados sobre o que alguém tem a dizer sobre qualquer um, porque podemos obter boato como uma boa recomendação e descobrir que o boato é uma porção de besteira, porque a pessoa com quem você conversou não foi honesta com você para expandir que ele estivesse desejando diminuir o crescimento e dizer a verdade correta.

3               Agora, você conhece o meu posicionamento aqui neste púlpito. Eu uso um termo muito vulgar. Eu digo: “Eu derramo minhas tripas”. Eu espero que você faça o mesmo com as suas, porque você está diante do Trono Branco. Não existe nada oculto de modo algum. É melhor que você diga isso ao invés de ser chamado do telhado das casas; porque se você não acha que isso é a Escritura, eu irei ler isso para você. Eu posso ter ficado sem minha concordância, mas eu a encontrarei. Está aí. E quando está aí, Deus volta à Sua Palavra. Então tudo bem.

4               O que eu estou conduzindo é para isto: não podemos permitir que se cometa um erro. Isto se tornará freqüente, oração fiel. Agora, temos estado muito frouxos de muitas maneiras, e uma das maneiras em que estamos frouxos é que, por causa de que não temos um culto de domingo à noite, eu noto que muitas pessoas correm para os filmes. Eu não aprovo de você fazer isto, e você sabe disso, e não deveria estar fazendo isto. Estamos tomando tempo para se socializar de uma maneira relaxada que poderia nos conduzir para longe de Deus. Alguma vez você tem pensado em voltar para a igreja e orar? Orar sinceramente, para que você possa ter alguém para realmente te ajudar, porque você precisa dessa pessoa. Eu não posso vir, ponto final. Vamos encarar isto. Houve um tempo quando eu podia pregar e sentir-se melhor depois da pregação e durante a pregação do que quando eu comecei. Você não está olhando para o mesmo sujeito. A morte e a decadência tem se iniciado a um tempo atrás, e isso está se acelerando. Eu não finjo nem por um minuto de que isso não é a verdade em meu caso.

5               Então a carga recai sobre você, ponto final. Eu orarei por você, orarei em casa, virei junto com você. Naquelas vezes em que você decide ser muito, muito sério e sincero, eu posso fazer isto com você. Mas eu posso lhe dizer uma coisa – eu não votarei desta vez. Eu não tenho voto, sem capacidade. Isto impressiona você, como a igreja primitiva, de volta ao Senhor, e é deste modo que deveria ser com cada era e com todo mundo. Então agora eu tenho descoberto há anos atrás, quando no início eu fui salvo, com aproximadamente 18 anos de idade, e é claro, sendo nascido no pentecoste, e eles pensavam: “Agora, existe um garoto muito bom. Talvez ele possa ser um pregador”. Então eles decidiram que eu deveria falar nas reuniões dos jovens. E eu me lembro que eu disse: “Bem, eu não posso recusar de fazer o que os outros fazem. Nós simplesmente ficaremos juntos”.

6               Eu me lembro que eu pedi para a pessoa aquela vez no cargo para orar por mim. Eu costumava pedir a uma porção de gente para orar por mim. Creio que eu ainda peço. Eu aprecio vocês orando por mim. Você é o seu melhor advogado. Você é quem está desesperado consigo mesmo. Você é quem conhece a si mesmo e é sincero sobre si mesmo.

7               E eu descobri isso depois de anos: que se eu quisesse realmente alguma oração profunda de dentro, eu não me recordo até mesmo do irmão Branham orando por mim. Mas eu aprendi uma coisa: as orações de William Branham, embora elas fossem melhores do que as minhas... Certamente. As orações de um monte de gente são melhores do que as minhas. Certamente. Não há ninguém tão interessado em mim e de minhas necessidades como eu, eu mesmo. [O irmão Vayle ri – Trad.] Sendo este o caso, eu deveria muito, muito sinceramente orar. Então, lembre-se dessas coisas e guarde-as dentro do coração e da mente e o Senhor te abençoará.

8               Vejamos, eu creio que vocês tem os seus cultos de sexta-feira... seus cultos são bons para se reunirem. Também é bom lembrar que pessoas diferentes de vocês deveriam de certo modo juntar-se se vocês desejarem. Isto é, ninguém fará você fazer isto.

9               Mas todos agora e depois, vocês deveriam ir à doutrina que entendemos aqui como ensinada pelo irmão Branham. E lembre-se que “doutrina” não é uma palavra suja. “Tradição” é uma palavra suja. E essa palavra somente é suja enquanto for como tradição de homem, porque existe uma tradição dos pais que é verdadeiramente aceitável, que é a doutrina pela revelação. Porém não gostamos de usar a palavra “tradição”, porque ela possui uma conotação ruim... e não somente uma conotação, mas uma mui severa definição do diabo por Jesus. Ele disse: “Vós tendes invalidado os mandamentos de Deus pela vossa tradição”,[3] o que significa que não há nenhuma promessa em existência na Bíblia que possa vir a acontecer com a mais leve mudança. Se há um pensamento humano colocado sobre esta Bíblia, isso a invalida. A Vida eterna é invalidada. O Milênio é invalidado. Sua posição e de não ser lançado no Lago do Fogo é invalidado. Sua entrada na Nova Jerusalém, sendo parte dela, está invalidada. Não existe uma coisa que não seja invalidada por acrescentar uma pequeníssima palavra.

10           Então é muitíssimo incumbente para todo mundo saber o que o irmão Branham ensinou. E lembre-se: ele disse: “Meu ministério é para declarar que Ele está aqui”. Agora, eu quero fazer uma pergunta: Quem está aqui? Vê? Você instantaneamente vai para a declaração do próprio mensageiro. Lembre-se de quando o homem cego foi curado... Ele era cego de nascença... os pais ficaram em água quente com o Sinédrio, os fariseus.
E eles disseram: “Este é aquele seu filho que estava cego?”.
Eles responderam: “Sim, sim. Aquele é o nosso filho. Ele nasceu cego”.
“Como ele ficou curado?”.
“Pergunte a ele. Ele é de idade”.

11           Bem, o que estou dizendo é: quem saberia melhor do que a pessoa que nasceu cega e que subitamente teve os seus olhos abertos? Com quem você falaria para saber mais a respeito deste fato em particular, do que aquela pessoa que estava envolvida? Deste modo vamos para o irmão Branham como pessoa envolvida:
“Irmão Branham, o que você quer dizer de que o seu ministério é para declarar que Ele está aqui? De quem você está falando? Sob que condições você está falando? Que prova válida e que visão você tem para que eu possa aceitar de que seja lá quem for que você está falando está aqui? E eu quero saber o que isso tem a ver com você, e o que isso tem a ver comigo, e o que isso tem a ver com a Escritura e a história daquelas pessoas que estão vinculadas no que elas crêem ser o companheirismo de Cristo, de ser uma Noiva”.

12           Agora veja, essas são coisas que você deveria saber nesta igreja, e se você não as conhece, onde você tem estado? Você está dando ouvidos para o quê? O que está em suas mentes? Certamente, por agora, vocês sabem como balançar as suas cabeças e receber as pancadas de ervilhas aí, que o irmão Branham disse que eram como as ervilhas secas caindo sobre um couro seco de vaca. Certamente que você pode deixar os seus pensamentos sob controle para o que o profeta disse, sendo vindicado. “Quem está aqui? Por que Ele está aqui? O que Ele está fazendo?”. Agora, todas aquelas coisas fazem entrar nos pensamentos. Por exemplo, o que Ele está fazendo faz entrar no entendimento dos papéis, títulos. Não somente o quê, mas as conseqüências. Estas são as coisas que você deve saber.

13           E quando eu descubro isso, após dez anos, lá estão aquelas – elas não estão conosco agora – quem disse: “Qual é a diferença entre o Batizador e o batismo?” ...mesmo afirmando a Presença por anos... é como você me dizendo que não sabe qual é a diferença entre a galinha e um ovo. [Risos – Trad.] E espiritualmente falando, você não sabe. [Alguém na audiência diz: “Isso mesmo” – Trad.] Porque sem o Batizador, não há batismo. A mesma coisa como se não existissem galinhas, não haveria ovo. E se não existe pai, não existe filho. [Alguém da audiência diz: “Amém” – Trad.].
Quem está aqui? Por que Ele está aqui? O que Ele está fazendo?

14           Eu quero fazer uma pergunta a você: você pode me dizer esta manhã exatamente o que o irmão Branham disse como para por que o Batizador está aqui, e temos agora virado da ênfase do batismo para o Batizador, mesmo que a ênfase sobre o batismo seja estritamente muito grande? Tenho dito a você inúmeras vezes, mas talvez você não o tenha colocado junto. Você sabia que o irmão Branham disse que o batismo com o Espírito Santo é temporal? [“Isso mesmo”] Temporário? O que acontece quando não há mais batismo com o Espírito Santo? Agora pense. Você lida com o quê então? Você lida com o Batizador. Não há mais nada a ser acrescentado à família. A semente tem expirado. O último filho está dentro e no processo da educação de filho. Quando os últimos poucos filhos são filhos educados, isso determina a Segunda Vinda literal – o que significa:

A.           O morto deve sair do chão.
B.            Os vivos presentes devem ser transformados.
C.            Nós consorciaremos para cima por quarenta dias com aqueles que saem.
D.           A trombeta soará, que é a ajuntamento da Noiva na ascensão para a Encarnação e o Super Casamento.

15           Agora, não há ninguém aqui que não deva saber tudo que tenho dito esta manhã e ser capaz de dizer isso tão facilmente como posso dizê-lo. Mas se você não está completamente envolvido com essas coisas, esse é o seu alimento e a sua vida, isto é “Viver, morrer, descer e subir”, esta é a hora vindicada – em outras palavras, você não está completamente esgotado e dedicado. É claro que você pode ouvir às besteiras deste homem que tentou perpetrar ao irmão Peter Marstrander quando ele veio aqui, e foi convidado ao seu quarto no Comfort Inn.[4] Você sabe quem o convidou, e eu acho que você sabe quem foi até lá. Depois que ele ficou direto enchendo os ouvidos de Peter, e uma de suas grandes dentadas, de revelações sorridentes foram de que a Alma de Jesus era a Coluna de Fogo... Pode até soar bem para alguns de vocês.

16           Quero lhe fazer uma pergunta: você consegue descobrir onde o irmão Branham disse isto? Se você pode, eu gostaria que você me mostrasse. Quero lhe fazer outra pergunta: quem é a Coluna de Fogo? E a resposta é: ela não é “quem” de modo algum. O Quem é Deus numa Coluna de Fogo. [“Isso mesmo”] Então quando o homem tentou convencer Peter de todo o seu lixo, ele disse a Peter esperando que ele recebesse uma boa resposta, que estivesse no positivo, tornando-o um grande mestre... alguém que leve as grandes coisas de volta à Europa e as propague ao redor. Por que ele não vai e faz a sua própria propagação?
Ele disse: “Peter, o que você acha?”.
Peter diz: “Eu lhe direi o que eu acho: eu acho que serei mais cuidadoso daqui por diante para quem eu dou ouvidos”. [“Isso mesmo”]
Tenha cuidado com o que você ouve e a quem você ouve. [“Amém”]

17           Se você ler o capítulo 9 de João [6-41], você encontrará o homem nascido cego.
E Jesus lhe disse para... Bem, Ele fez um pouco de lodo e o colocou nos seus olhos.
E disse-lhe: “Vai, lava-te no tanque de Siloé”. Foi, pois, e lavou-se, e seus olhos começaram a clarear.
Então as pessoas se maravilharam e disseram: “Este não é aquele homem nascido cego que mendigava?”.
Outros diziam: “Bem, não; mas é certo que este se parece com ele”.
E o sujeito disse: “Sou o indivíduo. Não tenho ninguém parecido comigo aqui por perto. Isto eu posso lhe dizer. Sou ele”.
Diziam-lhe, pois: Como se te abriram os olhos?
“Oh”, ele disse, “um homem chamado Jesus, fez lodo, e untou-me os olhos, e disse-me: ‘Vai ao tanque de Siloé, e lava-te’. Então eu fui, e lavei-me, e vi”.
Disseram-lhe, pois: “Onde está Ele?”.
Ele disse: “Não sei”.

18           Como poderia ele saber, a menos que Jesus o levasse ao tanque? Jesus nunca o levou ao tanque. Algum outro levou. Jesus desapareceu. Eles trouxeram os fariseus. Aqueles velhos tradicionalistas que mudaram a Palavra e invalidaram cada coisa em particular que Deus disse em Sua Palavra, mudando-A. Agora, o que você está ouvindo é “A Palavra Falada é a Semente Original”. Então não falhe em ouvir cuidadosamente.
Então alguns dos fariseus lhe perguntaram como que isso foi feito. E os fariseus disseram: “Este homem não é de Deus. Nós O conhecemos. Ele não guarda o sábado”. Diziam outros: “Como pode um homem pecador fazer tais milagres?”. E houve uma divisão entre eles.

19           Agora, se você pensa que Jesus, a Palavra, não é um divisor de homens, quero lhe dizer algo: você perdeu o ponto inteiro bem aqui exatamente onde foi lido. Você percebe que este era um grupo coeso de pessoas religiosas? E os tradicionalistas, que eram os fariseus, haviam se unido a eles, e agora eles estavam operando no temor e tudo mais. Mas você tem algumas pessoas aqui com perspicácia espiritual. Então há uma divisão. A Palavra sempre divide. Você não pode ajudá-la. Separou o dia e as trevas, não separou? Quando que Ela alguma vez irá parar de fazer isto? Quando não houver mais trevas. Ela é toda Luz. E a Bíblia diz: “Nele está a Luz e não há treva alguma”,[5] quando “Deus se torna Tudo em todos”,[6] “sem sombra de variação”.[7] Tudo bem.

20           Disseram: Ele não é de Deus... Houve divisão.
Eles disseram ao cego: “O que dizes tu sobre Ele?” (Agora observe: este homem é apenas um ignorante, indivíduo cego com seus olhos abertos). E ele respondeu: “Que é profeta”. (Você sabe por quê? Porque Ele disse para o homem fazer isto, e ele o fez, e os olhos foram abertos. Eles sabiam que Ele era um profeta).
Os judeus, porém, não creram que ele tivesse sido cego, e que agora enxergasse, até que chamassem os seus pais.
E perguntaram-lhes, dizendo: “É este o vosso filho, que vós dizeis ter nascido cego? Como, pois, vê agora?”.
Seus pais lhes responderam, e disseram: “Sabemos que este é o nosso filho, e que nasceu cego; mas seja o que for que isso significa, não sabemos; pergunte a ele! Ele é de idade, deixe-o falar por si mesmo”. (Vê? Eles estão com medo dos judeus. Agora, estes pais não eram de se cheirar. Este sujeito, aqui, ele... é claro, os pais nunca haviam tido o que este rapaz teve).

21           Os pais disseram: “...Pergunte a ele”.
Chamaram, pois, o homem pela segunda vez... que tinha sido cego, e disseram-lhe: “Dá glória a Deus; nós sabemos que esse homem é pecador”.
Ele respondeu e disse: “Se é pecador, eu não sei; uma coisa eu sei e é que, havendo eu sido cego, agora vejo”.
E tornaram a dizer-lhe: “Que te fez Ele? Como te abriu os olhos?”.
Ele disse: “Já vo-lo disse”, (Este sujeito é corajoso. [Risos] Se eles não ouviram, como eles ouviriam novamente?) “Quereis fazer-vos também Seus discípulos?”. (O que ele está perguntando? “Vocês querem algum tipo de mudança? Vocês sujeitos tem estado fugindo disso todos estes anos, sem estarem fazendo nada exceto o mal, mal, mal, mal, mal, lixo, lixo, lixo... controle, controle, controle. Agora, vocês querem aprender alguma coisa Dele, para que vocês possam começar a obter alguma mudança?”).
Eles o insultaram: “Discípulo Dele sejas tu; nós, porém, somos discípulos de Moisés”.

22           Agora ouça e entenda isso cuidadosamente: “Sabemos que Deus falou a Moisés” (Como eles sabiam? Mentirosos arrogantes! [“Isso mesmo”] Negando a mesma Palavra que eles sustentavam, porque eles conheceram um profeta como Moisés que veio com uma vindicação antes que ele dissesse uma Palavra – antes de qualquer doutrina, que qualquer ensino viesse). Eles disseram: “Somos discípulos de Moisés. Sabemos o que um profeta é”.

23           Eles sabiam? Vá lá fora e pergunte às pessoas: o que é um profeta? O que um profeta realmente significa? Quem é o Profeta? O que significa “do meio dos irmãos”? Dezenove anos tem se passado... Em 1977 eu comecei... Bem, não são dezenove anos desde então... Em 1977 eu comecei a falar sobre a Presença... São dezesseis anos que tem se passado. E anos antes então que eu tomasse todas estas coisas que estou dizendo nesta manhã, e eu quero fazer uma pergunta: onde eles estavam quando o irmão Branham ensinou isto? Por onde eles tem andado quando eu tenho ensinado isto? Por uns 20 longos anos... chegando a 30... tenho estado apontando isto, mensagem após mensagem em literalmente centenas de mensagens, levando centenas de horas. Vindicação! E permita-me dizer-lhe uma coisa: estas pessoas mudaram a vindicação e a maioria das pessoas nesta Mensagem nem mesmo entendem o que isso significa. E existem pregadores que somente usarão a vindicação pelo nome a fim de dizer a você que eles crêem no profeta, e depois começam a dizer a você coisas como se eles fossem vindicados. Você não pode fazer isto. Você tem que ficar com a Palavra.

24           Ele disse: “Nós bem sabemos que Deus falou a Moisés, mas Este não sabemos de onde é”.
O homem respondeu, e disse-lhes: “Nisto, pois, está a maravilha, que vós não saibais de onde Ele é, e contudo me abriu os olhos. [“Isso mesmo”] E vós não sabeis de onde Ele é. Ele abriu os meus olhos, e vocês O condenam. Vocês não podem fazer isto”.
Vê? O que estou tentando mostrar a você aqui é que Alfa é Ômega, e a mesma coisa está acontecendo hoje, sobre as bases do que o irmão Branham nos ensinou, e ele disse: “Deus está obrigado a fazer pelos gentios, na forma do Espírito Santo, o que Ele fez aos judeus quando Ele esteve aqui na terra na forma de carne”.

25           Agora, vamos continuar olhando para isto.
Ele disse: “Esta é uma coisa maravilhosa de que isto deveria acontecer. Se Este não fosse de Deus, nada poderia fazer”.
Responderam eles, e disseram-lhe: “Tu és nascido todo em pecados, e nos ensinas a nós?”. E expulsaram-no.

26           Aí está o seu retrato bem aí. Isso é o que aconteceu a Jesus na Era da Igreja de Laodicéia – eles O expulsaram, e a única maneira em que eles poderiam expulsá-Lo é na forma do Espírito Santo, porque não há maneira de que Ele desça aqui em carne. Isso é ridículo – ninguém pensa que Ele está de volta em carne na segunda vez. Isso não é verdade de modo algum. Eles não entendem a “aparição” e “vinda”, e não entendem que existe uma “Vinda” do Deus Todo-Poderoso – Elohim, Ele Mesmo – Aquele Mesmo que falou a Paulo na Coluna de fogo. Esse é Jeová. Esse é Elohim. Este mesmo está aqui, reensinando a Palavra pela revelação da Palavra.

27           E eles o expulsaram. E quando Jesus ouviu que o tinham expulsado e, encontrando-o, disse-lhe: “Crês tu no Filho de Deus?”.
Agora observe bem aqui: “Crês tu no Filho de Deus?”. E Ele Se identificou como o Filho de Deus, e é nesta hora de Hebreus 6 que Ele é crucificado outra vez para as pessoas por elas mesmas.

28           Agora, você tem me ouvido por muitos, muitos anos agora nesta igreja desde aproximadamente... continuamente... 1980. São 13 anos. Agora, eu quero lhe fazer uma pergunta. Desde que o Alfa é Ômega – nós trouxemos isto – e estamos olhando para este homem que é cego... Estamos olhando para o ambiente, ambiente espiritual, em volta dele. Estamos olhando para a declaração de Jesus como o Filho de Deus – e lembre-se, o irmão Branham identifica isso em Romanos – quando Ele descendeu, batizando pessoas com o Espírito Santo, vindo de volta como o Espírito Santo – isso é o Filho de Deus. Os dias do ministério são do Filho do homem.

29           Agora, uma vez que estamos olhando para Alfa e Ômega, diga-me: para onde eu instantaneamente iria, na promessa do Alfa e do Ômega, no paralelismo da Escritura? Eu teria que levar você para o capítulo três de Apocalipse, onde eles são “infelizes, miseráveis, cegos, nus, e não o sabem”... e não querem saber disso. É para isto que você está olhando neste período quando o Filho de Deus, no ministério do Filho do homem – em outras palavras, Deus, Todo-Poderoso, Ele Mesmo – Elohim, desceu e fez as poderosas obras e vindicou Quem Ele é e Quem Ele foi.

30           E então Jesus disse: “Crês tu no Filho de Deus?”.
E ele respondeu, e disse: “Quem é Ele, Senhor, para que Nele creia?”.
E Jesus lhe disse: “Tu já O tens visto, e é Aquele que fala contigo”.
Ele disse: “Creio, Senhor”. E ele O adorou.

31           Agora, Jesus não disse “Não Me adore”. Em um lugar Ele disse: “Adore a Deus”.[8] Mas neste caso Ele não disse “Não Me adore”. Então quando o irmão Branham disse: “Jesus é Deus, mas Ele não é Deus”, não deixe isso enganar você, porque na verdade Deus é um objeto de adoração, e Jesus pode ser adorado, porque Ele é o cabeça da Igreja. Ele pode ser adorado no sentido em que Sara adorou Abraão; adorar no sentido de que eles agarraram os Seus pés, e como este homem O adorou. E isto não constitui o Filho com sendo o Pai, ma Este é o Filho do Pai. Este não é Deus, o Filho, Este é o Filho de Deus, que a maioria das pessoas não consegue sequer compreender isto; que a maioria dos pais aqui, nem todos, mas a maioria dos pais com quem temos conversado, tem um filho, e você pode dizer: “Bem, sabe” – para a mãe ou para o pai – “seu filho se parece com o pai”. Isso é verdade, mas o filho não é o pai, [“Amém”] e o pai não é o filho, embora a mesma vida estejam em ambos. E você tem pessoas que você não pode dizer isto. Eles não conseguem entender.

32           Eles xingam por toda parte de que eu ensino dois deuses. E eu não ensino dois deuses, porque se eu ensinasse dois deuses, eu estaria ensinando três milhões de deuses! Eu teria. Agora, compreendeu por que eu disse isto? Estou falando a vocês pessoas que irão conversar juntas... Não tentem fazer teologia tirada de vocês, só para entender a Palavra do Deus Todo-Poderoso. Isto é tudo. Está aqui embaixo. E lembre-se, o irmão Branham disse: “Uma vez que você vê esta Mensagem, isso é tudo que você vê na Palavra”. Eu não digo que isso é simplesmente como caindo dentro de um lago, porém somente mergulhar-se nele, mas está aí.

33           E ele O adorou.
E disse-lhe Jesus: “Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem sejam cegos”.
Agora, quando que Laodicéia foi ferida de cegueira? Quando o profeta entrou em cena, o Filho de Deus entrou em cena, o Espírito Santo entrou aqui, e a Aparição, e o ministério do Filho do homem; o profeta apareceu, o Juiz apareceu.
E os fariseus, que estavam com ele, ouvindo isto, disseram-lhe: “Também nós somos cegos?”.
Disse-lhes Jesus: “Se fôsseis cegos, não teríeis pecado; mas como agora dizeis: ‘Vemos’; por isso o vosso pecado permanece”.

34           Agora, como Ele poderia dizer isto? Você sabe como que Ele pôde dizer isto? Por favor. Apenas pense um minuto. Como que Ele pôde lhes dizer isto? Porque eles discordavam da verdade vindicada. [“Isso mesmo”] Eles estavam fazendo a sua própria visão. Você não tem nenhum pensamento vindo esta manhã. Se você tem, eu preferiria que você fosse para onde o sujeito tem o seu pensamento vindo... Deveria ser honesto. Oito pessoas fizeram a arca, então não se alega ter oito milhões que irão fazer isto. Não pretenda que seus pensamentos e os meus pensamentos, ou a nossa assim chamada compaixão, irá conhecer esta Bíblia aqui. Aqui diz: “Como foi nos dias de Noé”.

35           Não estou colocando ninguém fora. Não estou colocando ninguém dentro. Esse não é o meu trabalho. Mas o meu trabalho é permanecer aqui na defesa do Evangelho – o qual eu intenciono fazer ao custo de minha vida, ou qualquer prestígio que eu possa ter, ou qualquer outra coisa que eu possa ter – que eu, pelo menos, possa ao melhor de minha capacidade, ficar perante Deus. Pelo menos eu fico por Sua Palavra. Nunca disse uma coisa sobre vivê-La, embora isto seja parte Dela. Eu não penso que não seja. Mas viver isto é uma grande parte. Porém crer é a maior que existe.

36           Então aqui estamos hoje, e eu tenho tomado o meu tempo com o propósito... Eu posso cortar mais tarde na mensagem, que é “A Palavra Falada é a Semente Original”. E quando você olhar para a semente original, você terá que levar em consideração, não o fato de que você está simplesmente olhando para uma semente original. Você diz: “Bem, hei, eu sei, a semente original... Trigo é trigo, e joio é joio, e eu certamente concordo que é dessa maneira que deveria ser, e ninguém irá mudar isso, e se eu planto trigo... Bem, tudo bem, eu obterei trigo, perfeitamente alinhado”.

37           É muito mais do que isso, porque Isso está em Eclesiastes 3:14.

Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe deve acrescentar, e nada se lhe deve tirar; e isto faz Deus para que haja temor diante dele.

O que Ele está lhe dizendo aí? Num inglês claro, Ele está lhe dizendo: “Eu nunca mudo Minha Palavra, Eu faço exatamente o que Eu disse. Eu nunca tiro Dela, Eu nunca acrescento a Ela. Eu não quero que você faça isto. Eu recusarei permitir a você fazer isto, porque Eu não acrescentarei uma Palavra. Eu não tirarei uma Palavra. Eu não diminuirei uma Palavra do efeito e ficarei por trás disso. Não haverá uma mudança de maneira alguma”. Vê? “Aquilo que tem sido é agora”. Por favor. [“Isso mesmo”]

38           Os fariseus tem negado o irmão Branham, e, lembre-se, as pessoas vieram e disseram: “Irmão Branham, o que isso quer dizer quando Jesus disse: ‘Aquele que vê a Mim, vê o Pai’?”. Ele disse: “Você está olhando para mim, não está? É a mesma coisa”. Ora, justamente então eu preguei outro Deus. Você percebeu? Eu tenho outro Deus. Seu nome é William Branham agora. Sim. Moisés fez a mesma coisa. Eu tenho outro Deus, agora. Seu nome é Moisés.

39           Agora, eu confio nesta manhã que todos vocês sabem de onde estou vindo. E não acho ruim se eu quero saber de onde todos vocês estão vindo agora e depois. Eu gosto de saber se o que está sendo dito está no ventre de suas mentes, porque se isto não está aí, tudo que vai para o seu coração – se isso não é a Palavra mecânica do Deus Todo-Poderoso, a verdadeira revelação – então, em seu coração onde a vida está, isso não será a verdadeira vida de Deus. É impossível. Eles não podem obter juntos.

40           Agora, você será criticado... oh, sim... você será criticado. “A coisa é, veja, bem, você sabe, aquela igreja ali em cima, sabe, ela diz a verdade. Mas aquele espírito é terrível”. Não é estranho como nosso espírito é tão terrível, e ainda assim conhecemos a Palavra de Deus? [“Isso mesmo”] Eu gostaria de ter alguma resposta para isto. Eu gostaria.

41           “Aquilo que tem sido é agora. E aquilo que é para ser já tem sido; e aquilo que Deus requer é passado”. Em outras palavras, Ele disse: “Ouça, estou requerendo de você aquilo que é passado”. Você diz: “Bem... só... só... só... só... só... só... calma, calma, calma. Agora, pode Deus requerer de mim o que é passado?”. Simples como A-B-C. Ele disse a você: “Aquilo que tem sido é agora!”. Olhe para trás, e veja se a mesma coisa não tem acontecido antes e está acontecendo agora. Por favor! O ministério de William Branham é literalmente o ministério de Jeová – ministério de Elohim, em carne humana, como Ele foi em Jesus – e até mesmo maior! [“Amém”, “Isso mesmo”] “Oh, meu Deus! Você... você simplesmente não pode crer...”.

42           Eu nunca disse que William Branham era maior. Eu disse: “o ministério”! [“Amém”, “Isso mesmo”] Há uma diferença muito grande, meu irmão e minha irmã. William Branham nunca alegou qualquer coisa. Ele disse: “Jesus teve mais sucesso em meu ministério do que Ele teve no Seu próprio”. Ele nunca disse que ele teve mais sucesso do que Jesus. Ele nunca disse que morreu por alguém. Ele nunca alegou qualquer influência divina que ele pudesse usar como se ele fosse alguém. Ele disse: “Eu queria ser um caçador. Bem...”, ele disse, “eu era contrário até mesmo ao meu melhor julgamento. Eu não queria ser um profeta. Eu não queria qualquer daquelas coisas. Eu fui somente uma voz que parou por perto, uma pessoa próxima quando Ele fez isto”. [“Amém”]

43           Quantos podem fazer isto? Quantos realmente podem fazer isto? [“Amém”, “Isso é verdade”] Isto, veja, divide os meninos dos homens, isto divide os bodes das ovelhas, isto divide os falsos daqueles que não são falsos, perfeitamente alinhado. O que você pode fazer com vindicação? E o negócio ridículo e a razão de Deus rir nos céus em zombaria é porque eles não podem produzir isto! [“Isso mesmo”] E isso está bem aqui na Palavra de Deus, como eu li de Eclesiastes. Bem aqui o que eu li de João 9. Cem por cento com isto. E você sabe o que eles estão fazendo? Eles estão blafesmando do Espírito Santo. [“Isso mesmo”] Não haverá perdão neste lado ou do outro. Deixe o povo dizer o que ele quiser dizer.

44           Olhe irmão e irmã, eu não sou Deus! Eu não sou Seu mestre! Eu não sou o mestre! Eu não sou nada, mas esperançosamente, um pequeno membro da Noiva do Senhor Jesus Cristo e tenho bastante do Espírito Santo para entender a Palavra, e conhecer um urubu quando eu vejo um urubu – e eu não estou falando de pessoas agora – a ser capaz de discernir um cavalo de um porco... em outras palavras, apenas um pequeno sentido comum, para ficar bem ali e saber de algo que está acontecendo, e se sou uma parte disso ou não. Isso mesmo. Você não pode fazer de si mesmo uma parte.

45           Eu lhe direi: perante a Luz Branca de Deus nesta hora que estou tentando conseguir levar a você, estamos perante o Trono Branco. [“Amém”, “Isso mesmo”] O fato de que o irmão Branham podia ler cada coração e cada espírito sob controle, permite você e eu sabermos que esta é aquela hora. Já entramos nela. E o que é mil anos senão um dia? O cumprimento atual do Trono Branco, que é iniciado exatamente agora... Se isso não nos diz que Deus lê cada coração e conhece cada pensamento, e ficaremos no juízo naquele dia. Agora lembre-se, há somente um povo que não será lançado como restolho naquele dia. E que... aqueles são a semente de Deus. Eles são como a árvore plantada à beira do rio. As folhas não murcham. As raízes estão debaixo da Árvore da Vida. Eles produzem o fruto na estação. As sete estações das Eras da Igreja, cada uma em particular, estarão lá. A verdadeira Noiva.

46           Então é para isso que você está olhando esta manhã, e eu queria trazer isto a você, porque sou muito sério referente a estas coisas. Nós aprendemos à medida em que olhamos para os sermões que o irmão Branham tem nos trazido. E eu não tenho tempo para ir de volta e entrelaçar cada coisa em particular dentro. Eu quero que você saiba que o que o irmão Branham nos trouxe não é algo que é da mente do homem. Não é algo de novo que Deus está fazendo. É algo que Deus sempre tem feito. Isso corre em um ciclo. Alfa é Ômega. Isso toma o seu giro. O que tem sido está sendo agora, e é-nos dito que Deus nos toma por responsáveis pelo entendimento do princípio do Alfa e Ômega.

47           Agora, você pode sentar aqui esta manhã e dizer: “Irmão Vayle, isso está tudo bem para você, você é um mestre, e isso está tudo bem para algumas pessoas, uma porção de vocês”. Eu quero lhe dizer: não existe nenhuma pessoa aqui que crê que você é uma parte da Noiva de Cristo, mas você é responsável pelo entendimento daquela premissa que o irmão Branham desenvolveu, porque ela está bem aqui na Bíblia. [“Isso mesmo”] “Aquilo que tem sido é agora”, e você é responsável para reconhecer isto.
Agora, por favor. Eu só li isto no capítulo nove! [“Amém”, “Isso mesmo”] Eu apenas li isto para você. Você é responsável. Você não pode dizer: “Eu creio na Bíblia”. “Eu ceio em Paulo” e rejeitar isto. De modo algum você pode fazer isto. Vê?

48           Bem, o Senhor te abençoe. Isso cairá nos ouvidos surdos às vezes, haverá menos e menos. As pessoas simplesmente não podem esperar. Elas começarão a acrescentar à Mensagem e imaginar coisas. A maioria deles tem voltado ao pentecoste de qualquer maneira. A maioria... os trinitários que não sabem o que isto significa, ou os Só-Jesus e não sabem o que isto significa. E ainda assim o irmão Branham disse: “Eu não sou unicista. Eu não sou trinitário. Eu fico no meio”.

49           “Oh, isso quer dizer que o irmão Branham ficou lá e puxou ameixas de ambos os lados”. Oh, por favor! Não tome uma visão de que ele tivesse e tenta confundir a ele e enganar a ele. A visão que ele teve de puxar frutas era o povo unicista e o povo trinitário; alguns de ambos os lados vieram e creram na Mensagem, creram no que ele tinha a dizer, o fruto reunido. Mas ele, ele mesmo, ficou ali. Ele não era unicista. Ele não era trinitário. Ele era o quê? Ele acreditava em um Deus. Ponto final. E o centro da questão foi este: existe um Deus o Filho? E a resposta é: “Não”. Existe um Filho de Deus. Existe então o Deus Espírito Santo? Ele disse: “Como poderia ser? Nas bases do que as pessoas dizem existem dois, ele disse: “Minha Bíblia me diz que o Espírito Santo veio sobre Maria, que o Pai de Jesus era o Espírito Santo, todavia Ele, Ele Mesmo, disse que Deus era o Seu Pai”, e ele disse: “em nenhum lugar na história você pode encontrar um filho com dois pais”.

50           Você diz: “Irmão Vayle, estas coisas são tão simples, eu não entendo como que as pessoas não conseguem vê-las”. Bem, meu irmão, minha irmã, quando você não consegue entender que uma galinha põe ovos, e você não pode discernir a diferença entre a galinha e o ovo, você está fadado a fazer uma pergunta: quão cego pode o povo estar? [“Isso mesmo”]

51           E essa é a minha pergunta esta manhã: quão cego pode o povo estar? Agora, onde isto nos levará? Isso nos levará a uma coisa, onde o irmão Branham diria: “Fique próximo a si mesmo”. Comece a examinar o que está em seu coração. Comece a examinar o que está aqui dentro. Examine onde sua mente está. O que você tem deixado aí dentro. Eu não posso conceber esta manhã que algum de nós pudesse estimar qualquer riqueza nesta terra comparável a esta Palavra revelada, porque Ela é vindicada a nós não importa o que esteja aí fora, o Deus de William Branham: Aquele que respondeu de volta, Aquele que identificou com este Livro e nos fez saber que este Livro está vivo. Eu posso não compreender o completo conteúdo ou o pleno impacto como se houvesse impacto maior a ser compreendido. Mas eu sei de uma coisa: se isto não é isto, eu realmente não estou interessado. [“Amém”] “Então por que não, irmão Vayle?”. Veja, aí está onde eu pego você, e pego o povo que está lá fora, e eles não podem entender por que eu digo: “Se isto não é isto, esqueça-o. Não estou olhando. Não estou olhando”.

52           Você diz: “Irmão Vayle, sua felicidade eterna...” Calma, calma... Veja, você não está descansando sua felicidade eterna onde eu estou. Você está dizendo: “Isto não foi vindicado”. Você está dizendo: “isso não era verdade”. Por favor, agora, tenho você sobre um barril. Você está morto. Você está se assentando em seus assentos mentindo para si mesmo, e mentindo para mim e para todo mundo à sua volta.

53           Agora, veja, este é o golpe que eu invisto nesta manhã. Isso me levou... o quê? Vinte minutos para chegar aí? Vinte e cinco minutos para chegar aí? Agora, estamos separando os mentirosos dos contadores da verdade, e há somente uma pessoa que pode fazer isto, e essa é você nesta manhã. Sim. Se não for agora, quando? Se não é isto, o que é?
(...)

[O irmão Vayle retorna o culto para o irmão Lusk que conduz a um hino – Ed.]


Tradução: Diógenes Dornelles


Esta mensagem intitulada “A Doutrina do Tempo do Fim” (End Time Doctrine) foi pregada pelo Rev. Lee Vayle, em 18 de julho de 1993, domingo de manhã, no Grace Fellowship Tabernacle, em Lebanon, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, em janeiro de 2010, com o auxílio do texto e áudio original. (Duração: 45 minutos.)








[1] Tradução literal para “attrition”, que também significa “extirpação” – NT.
[2] Do inglês “replacement”, que também significa “substituição” – NT.
[3] Mateus 15:6 – NT.
[4] Comfort Inn, rede internacional de hotéis de nível médio – NT.
[5] 1 João 1:5 – NT.
[6] 1 Coríntios 15:28 – NT.
[7] Tiago 1:17 – NT.
[8] Apocalipse 22:9 - NT